Infecção intestinal: Sintomas, causas e tratamento

janeiro 2024

Leitura: 15 min.

A infecção intestinal é uma condição bastante comum, principalmente após o consumo de alimentos contaminados. 

Embora, na maioria das vezes, ela se resolva sozinha dentro do prazo de alguns dias, é preciso estar atento a casos que sejam mais graves, pois há risco de mortalidade.

Por isso, se você está com suspeita de infecção intestinal, é importante conhecer os principais sintomas e quando é necessário procurar auxílio profissional.

Para que você possa eliminar as suas principais dúvidas sobre esse assunto, elaboramos um conteúdo completo.

O que é infecção intestinal?

A infecção intestinal é um tipo de inflamação que acomete o trato gastrointestinal por conta da contaminação por vírus, bactérias ou parasitas.

Geralmente, essa infecção se dá após o consumo de alimentos ou água contaminados, entretanto também é possível que haja a contaminação de pessoa para pessoa.

Esses quadros de inflamação são acompanhados de alguns sintomas que geral desconforto e que quando acometem um grupo mais vulnerável, como crianças, idosos e pessoas com alguma condição pré-existente podem levar a óbito.

Dependendo do agente causador da infecção intestinal, não é preciso realizar nenhum tipo de tratamento específico, pois ela desaparecerá dentro de alguns dias.

Entretanto, alguns casos podem requerer o uso de medicamentos para eliminar completamente o causador da infecção. 

Quais são os sintomas de infecção intestinal? 

A infecção intestinal é caracterizada pelo aparecimento de sintomas que podem se manifestar poucas horas após a contaminação, ou então alguns dias. 

Na maioria dos casos, a doença é autolimitada e os sintomas tendem a desaparecer sozinhos dentro de alguns dias. 

Se você está se perguntando “como saber se estou com infecção intestinal?” conheça os sintomas:

  • Diarreia (caracterizada pela presença de fezes líquidas ou mole pelo menos 3 vezes dentro do período de 24 horas);
  • Cólicas;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Dor abdominal;
  • Gases fétidos;

Além disso, a infecção intestinal também pode vir acompanhada de outros sintomas não tão característicos, como:

  • Distensão abdominal; 
  • Calafrios; 
  • Redução da quantidade de urina;
  • Mal-estar generalizado; 
  • Tontura; 
  • Fadiga; 
  • Perda de apetite; 
  • Boca seca; 
  • Dor de cabeça; 
  • Febre. 

O que é importante saber sobre a infecção intestinal infantil? 

A infecção intestinal infantil também pode se manifestar através desse mesmo sintomas e requer uma atenção maior, pois pode causar a morte.

Os sintomas podem se manifestar de maneira mais leve, ou se agravar principalmente quando não recebem os cuidados necessários.

A perda de líquidos causada por essa condição pode levar a desidratação severa, e comprometer o funcionamento de vários órgãos vitais.

Portanto, se você suspeitar de infecção intestinal em bebê ou em crianças, conduza-o para o pediatra para que ele possa realizar uma avaliação. 

O que causa infecção intestinal? 

Agora que você já conhece quais são os principais sintomas de infecção intestinal é principalmente a contaminação por microrganismos patogênicos.

Esses microrganismos geralmente são encontrados na água, alimentos ou até mesmo superfícies contaminadas. 

A transmissão direta também pode ocorrer principalmente no caso de infecções virais, por isso é preciso estar atento.

Conheça quais são os principais agentes etiológicos da infecção intestinal: 

Vírus

As infecções intestinais causadas por vírus, também são conhecidas como viroses, e na maioria dos casos elas são autolimitadas, ou seja, terminam de maneira espontânea, pois o organismo consegue se livrar do agente infeccioso. 

Geralmente provocam diarreia aguda, que dura em torno de 14 dias, e podem ser tratadas em casa com medidas simples.

Os vírus mais comuns de causarem infecções intestinais são: 

  • Rotavírus: É um dos principais causadores da gastroenterite, principalmente em crianças. Geralmente a contaminação ocorre após a criança tocar objetos contaminados.
  • Norovírus: Vírus transmitido entre pessoas em espaços fechados.  

Bactérias

As bactérias são os organismos patogênicos mais comuns de diarreia grave, ou diarreia com sangue.

Alguns desses microrganismos podem se disseminar na mucosa intestinal, ou invadir o epitélio intestinal. 

As espécies principais que causam infecção intestinal bacteriana:

  • E. coli: Geralmente é inofensiva, entretanto algumas variações podem ser patogênicas;
  • Salmonella: É a causa mais comum de infecção por intoxicação alimentar,  

Parasitas

Os parasitas são um grupo de microrganismos responsáveis por causar as chamadas “parasitoses” que podem atingir o intestino delgado ou grosso.

Geralmente a contaminação por parasitas está associada a problemas de falta de saneamento básico e aos maus hábitos de higiene.

Dentre as parasitoses mais comuns podemos destacar a Giardíase como a mais comum, adquirida através do contato com a água contaminada. 

Mulher com dor na barriga

Quanto tempo dura infecção intestinal?

O tempo de duração da infecção intestinal pode variar dependendo do seu estado de saúde e também do agente infeccioso.

Normalmente esses quadros de infecção duram ao todo de 5 a 7 dias não sendo necessário qualquer tipo de ação para tratamento.

Casos mais longos, ou em que há sangue nas fezes podem requerer uma atenção maior sendo acompanhada pelo profissional de saúde.

Como tratar infecção intestinal?

Geralmente a infecção intestinal não requer nenhum tipo de tratamento específico,  é essencial manter-se  hidratado, estimulando o consumo de líquidos como água, água de coco, chás e isotônicos.

Casos mais severos você poderá consultar com um gastroenterologista para que ele possa solicitar exames e então fornecer um diagnóstico adequado, bem como as possíveis formas de tratamento.

Remédio para infecção intestinal

O gastroenterologista poderá indicar o uso de medicamentos probióticos para equilibrar a microbiota intestinal, o uso de antibióticos ou de antiparasitários, caso seja necessário.

Além desses, o uso de analgésicos e remédios para evitar náuseas contribuem para reduzir o desconforto sentido durante a infecção intestinal.

A prescrição de medicamentos levará em conta o agente infeccioso, a idade do paciente, bem como o seu estado de saúde. 

Chá para infecção intestinal

O uso de chás embora não sejam de fato um remédio caseiro para infecção intestinal, eles podem contribuir para evitar a desidratação.

Desse modo, são muito importantes para a recuperação mais rápida do paciente, além disso eles podem atuar como facilitadores da digestão e reduzir os sintomas de desconforto.

Chá de erva doce
chá de erva-doce

Os chás mais indicados são:

  • Boldo
  • Erva-doce 
  • Hortelã-pimenta 

O que é bom para infecção intestinal? 

Digamos que você está com infecção intestinal e quer evitar de sofrer algumas consequências que podem agravar o quadro ou os sintomas.

Algumas dicas podem ajudar você a passar por esse período mais rapidamente:

  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas até que você esteja recuperado;
  • Aumente a ingestão de líquidos;
  • Faça repouso sempre que possível;
  • Apenas utilize medicamentos caso seja prescrito pelo médico;
  • Não use medicamentos para evitar a diarreia ou o vômito;

Além disso, você pode estar se perguntando o que comer com infecção intestinal, confira as dicas:

  • Consuma alimentos líquidos inicialmente como sopa, purês, canjas e conforme você vai melhorando passe a ingerir verduras e grãos, como o arroz;
  • Quando for consumir carnes, evite carnes gordurosas dando preferência para o consumo de carnes magras;
  • Consuma líquidos, vitaminas, chás, água e sucos;

Risque esses alimentos do seu cardápio se você tiver uma infecção:

  • Café
  • Temperos
  • Embutidos
  • Ultraprocessados
  • Leite e derivados
  • Alimentos ricos em fibras
  • Alimentos que provoquem gases

Infecção intestinal é grave?

As infecções intestinais mais leves costumam ser as infecções virais, enquanto infecções bacterianas e parasitárias possuem uma duração maior.

Elas não tendem a evoluir para o óbito, entretanto a desidratação é um problema que deve receber atenção, principalmente quando acomete alguns grupos de riscos, como:

  • Idosos
  • Crianças menores de 5 anos
  • Imunodeprimidos
  • Doentes crônicos
  • Gestantes

Esses deverão ter um acompanhamento médico mais aproximado, e também aqueles pacientes que apresentarem diarreia persistente por mais de 10 dias.

A duração dos sintomas é relevante e deve ser levada em consideração na hora de procurar um médico, quando a diarreia é acompanhada de sangue, febre elevada é importante fazer uma visita no consultório. 

Como prevenir a infecção intestinal

Para evitar a recontaminação, ou a contaminação de pessoas próximas, é importante tomar cuidado com os seus hábitos de higiene pessoal.

Por isso, siga algumas dicas como:

  • Lave as mãos sempre após utilizar o banheiro ou fazer contato com animais;
  • Evite pegar qualquer alimento depois de ter as mãos lavadas.
  • Não consuma alimentos com ovos não cozidos;
  • Evite o consumo de carne mal passada;
  • Consuma apenas água filtrada;
  • Evite o contato com pessoas em caso de suspeita de diarreia; 
  • Evite o consumo de alimentos crus ou mal passados; 

Agora você já sabe quais são as principais causas da infecção intestinal

Através deste artigo, buscamos apresentar algumas das principais causas de infecção intestinal, quais são os sintomas e como é a evolução do quadro clínico.

Esteja atento em caso de suspeita, pois é importante evitar a desidratação, ao se sentir fraco, mal-estar, sono excessivo vá até uma emergência para receber uma avaliação completa.

Evite o uso de medicamentos, pois eles podem agravar os sintomas e colocar a sua saúde em risco. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy link
Powered by Social Snap